MonteCarlo

A melhor boulangerie e patisserie de Fortaleza.

Novidades

  • Copa do Mundo 2014 movimenta comércio

    Encontro realizado na CDL Fortaleza apresentou as oportunidades do comércio varejista


    Durante a Copa das Confederações 2013 e a Copa do Mundo da Fifa 2014, os jogadores não serão os únicos protagonistas. Entre os destaques neste período, o comércio cearense quer se consolidar e já começa os preparativos para contribuir para o crescimento da economia do Estado.
     
    De acordo com estudo feito pela Fundação Getúlio Vargas, patrocinado pelo Ministério do Turismo, mais de 700 mil turistas deverão passar pela cidade de Fortaleza somente nos meses de junho e julho de 2014. Isso representa um acréscimo de 94,02% em relação ao fluxo registrado no mesmo período do ano de 2011.
     
    Para o comércio, a realização de uma Copa do Mundo no Brasil é valiosa, pois trará uma grande visibilidade para a cidade de Fortaleza. É o comentário do presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Fortaleza, Freitas Cordeiro, que reforçou que o evento mostrará ainda para os empresários a existência de oportunidades e maneiras de preparação para receber o grande evento esportivo.
     
     
    Impacto
     
    Já na opinião do presidente da Federação das CDLs do Estado do Ceará, Honório Pinheiro, essa apresentação, que reuniu vários presidentes de CDLs do interior, mostrou o real impacto que a Copa proporcionará para o comércio cearense ao induzir os lojistas na busca pelas boas chances que a Copa vai gerar em seus negócios.
     
    Na divulgação de números e oportunidades que a Copa vai gerar, na ocasião, o secretário Especial da Copa do Estado, Ferruccio Feitosa, ressaltou que "a Copa do Mundo de 2014 vai ser transmitida para 208 países. É o maior evento midiático do planeta e essa é uma oportunidade da gente se preparar".
     
    Ainda de acordo com o secretário, "precisamos alertar a todos no sentindo de que, para a Copa do Mundo ser perfeita e para a gente tirar bons frutos, precisamos da iniciativa pública e privada".
     
    De acordo com dados da Fifa, durante os jogos de 2014, serão 73 mil horas de transmissão para 208 países, o que corresponde a uma TV ligada por oito anos e metade da população mundial sintonizada.
     
    A Federação Internacional indica ainda que são esperados cerca de 17 mil representantes da mídia credenciados para o evento. Conforme explicou o secretário, isso possibilita a consolidação de uma nova imagem e posicionamento turístico para o Ceará no mercado internacional, além de poder colocar o Estado como um dos principais destinos mundiais para a realização de grandes eventos.
     
    Empregos
     
    Outro dado importante está relacionado com a geração de emprego. Feitosa apresentou dados de uma pesquisa realizada pelo Senai Nacional, em parceria com a Universidade Federal do Ceará (UFC), que mostra que até 2014 serão criados 245,1 mil postos de trabalho.
     
    Para Freitas Cordeiro, presidente da CDL, isso gera impactos diretos no comércio. "Isso tudo reflete nos resultados, pois quem está empregado, vira um consumidor. Acredito que o varejo não deve crescer menos de 20%", afirma.
     
    O secretário Especial da Copa destacou ainda as oportunidades de negócios que serão criadas. Segundo mostrou a pesquisa realizada pela FGV e Ernst & Young, somente no Ceará serão 505 oportunidades em oito áreas diferentes.
     
    Envolvimento
     
    "Temos que ter consciência de que a Copa do Mundo não é do Governo Estadual, nem Federal, nem Municipal, e sim de todos nós, brasileiros. Por isso é preciso o envolvimento da iniciativa privada preparar suas equipes de trabalho para que possamos aproveitar ao máximo esse momento, vendendo para o mundo que somos uma cidade apta a receber grandes eventos", reforça o secretário.

    Fonte: Diário do Nordeste
     
      Veja todas as novidades